artistasgauchos












Desenvolvido por:
msmidia


Rodrigo Rosa comemora 30 anos de carreira com exposição no Centro Cultural CEEE Erico Verissimo

Mostra que reúne mais de 150 originais do artista gráfico pode ser visitada até o dia 30 de abril
O artista gráfico Rodrigo Rosa comemora 30 anos de carreira com uma mostra retrospectiva no Centro Cultural CEEE Erico Verissimo (CCCEV), espaço cultural localizado na Rua dos Andradas, 1223, Centro Histórico de Porto Alegre. A exposição 30 A TRAÇO – a carreira gráfica de Rodrigo Rosa (1986-2016) abre nesta terça-feira, 12, às 19 horas, e reúne mais de 150 originais e reproduções de trabalhos solo ou em parceria de nomes como Rubem Fonseca, Ana Maria Machado, João Guimarães Rosa, entre outros.
 
A retrospectiva que poderá ser visitada na Sala o Arquipélago até 30 de abril, de terça a sexta-feira, das 10 às 19h e, nos sábados, das 11 às 18h, tem a curadoria de Paulo Afonso Pereira da Rosa, pai do artista. “Meu pai, artista como eu, foi desde o início meu grande incentivador – me ensinando os primeiros passos no desenho, me levando a conhecer muitos artistas importantes e as primeiras redações – mas também é um dos meus mais sinceros críticos”, revela Rodrigo.
 
Com quadrinhos, ilustrações, cartuns e charges, Rosa revisa sua obra, iniciada com a publicação das tiras em quadrinhos do personagem Biquito no jornal Oi! Menino Deus, em 1986. Em meado dos anos 90, ingressa no jornal Zero Hora, onde se destaca como ilustrador das colunas de David Coimbra, Caio Fernando Abreu, Wianey Carlet, entre outros. No final da década, começa a participar de salões de desenho de humor no Brasil e no exterior e ganha mais de 30 prêmios em eventos prestigiados como o Salão de Piracicaba, o Youmiuri Shimbun (Japão) e o Ayidin Dogan Contest (Turquia).
No início dos anos 2000, começa a colaborar com grandes editoras brasileiras como Cia. das Letras, Nova Fronteira, Globo, Ática e outras. Desde então, ilustrou obras de autores como Erico Verissimo, João Ubaldo Ribeiro, Ana Maria Machado, Carlos Urbim e Fabrício Carpinejar, entre outros.
 
Nos últimos anos, Rodrigo tem se dedicado especialmente às adaptações de clássicos em quadrinhos. Desde 2008, já quadrinizou O Cortiço, de Aloísio Azevedo, Os Sertões – a luta, de Euclides da Cunha, Memórias de um sargento de milícias, de Manoel Antônio de Almeida, Dom Casmurro, de Machado de Assis e Grande Sertão: Veredas, de João Guimarães Rosa (esta última, ganhadora do Prêmio Jabuti em 2015). Atualmente, Rosa finaliza a arte de O Seminarista, parceria com Rubem Fonseca e está roteirizando e ilustrando uma versão de Macunaíma, de Mário de Andrade.
 
Além da produção artística, Rodrigo ainda estreia como editor, e inaugura a Figura Editora, especializada em quadrinho e obras literárias que se destaquem pela ilustração. A novela gráfica Sharaz-De: Contos de as mil e uma noites, do mestre italiano dos quadrinhos Sergio Toppi, é o primeiro lançamento da editora. Na abertura da exposição, além desse título, haverá diversas obras e prints de Rodrigo para a venda.
 
 
 
    

 

Mais informações sobre Carlos Urbim

 

A presença de Carlos Urbim no portal é um oferecimento de:

Copyright © msmidia.com







Cursos em Porto Alegre

Cursos de Escrita

Cursos para escritores

Confira cursos e oficinas exclusivos feitos especialmente para escritores ou aspirantes a escritores.

Mais informações


Cursos de Escrita

Oficinas literárias

Oficinas de criação literária e escrita criativa em Porto Alegre.

Mais informações

 


Livros em destaque

O Guardião da
Chave Dourada

Airton Ortiz

Fundamentos à prática de revisão de textos

A Fantástica Jornada do Escritor no Brasil

 

compre nossos livros na