artistasgauchos









Desenvolvido por:
msmidia

Artigos e Resenhas

Férias: um tempo para ler
Cláudia de Villar

Há quem pense que as férias fazem parte de um período da vida em quem devemos nos desligar de tudo e de todos. Que as férias foram feitas apenas para largar os nossos corpos numa areia fofa da praia ou em cima de uma cama quentinha. Férias passaram a ser para muitos... Sinônimo de “nada”. Quando dizemos: ‘Estou em férias’ seria como se mandássemos uma mensagem para o nosso cérebro: “Você está em férias, viu! Nada de aprender, de se concentrar, de analisar... Nada de nada!”. Mas será que essa ‘verdade’ enviada para os cérebros é, realmente, uma verdade absoluta? Será que não haverá uma possibilidade para o pensar, o refletir e o ler?

Sim, sim, sim. Afinal, quem já não ouviu a célebre frase: “Ler é viajar sem sair do lugar”? Sim, sim, sim. Férias também podem significar alegria em ler. Muitos podem pensar: “Ah, mas se temos que ler então não são férias”. Eis aí o ponto crucial dessa questão: Quem disse que TEMOS ler? Ler nunca poderá ter esse sentido horrível como algo, obrigatoriamente, chato! Ler deve ser sinônimo de prazer. De aprendizagem por entre as palavras, as folhas, as páginas. Ler é manter os sentidos (todos) em alerta, pois os livros não foram feitos para ficarem mofando em bibliotecas, prateleiras ou algo desse tipo. Livros foram feitos para serem degustados, cheirados, tocados, olhados e, por que não, escutados? Sim... As palavras têm vozes: elas gritam, choram, murmuram, gemem, se expressam sempre e com força. Basta aquietarmos nossos corações e prestarmos mais atenção nos livros.

Portanto, as férias também significam um tempo de leitura. Leitura de um livro, um jornal, um gibi, um caderno de receitas, ou quem sabe, uma leitura de si mesmo? Ler e reler. Ler um livro comprado há meses e ainda não lido. Ir a uma livraria e mudar a rotina, comprando um livro. Permitir-se mudar a rotina. Ler nas praças, no shopping, numa cafeteria, no quintal de sua casa, enfim, permitir-se ler. De repente, quem nunca ‘se permitiu’ poderá descobrir muitas novidades sobre o ato de ler e sobre si mesmo.

Descubra o porquê... O sentido da frase: “Ler é viajar sem sair do lugar”. Ah, e depois compartilhe sua descoberta!


24/07/2013

Compartilhe

 

Comentários:

Envie seu comentário

Preencha os campos abaixo.

Nome :
E-mail :
Cidade/UF:
Mensagem:
Verificação: Repita os caracteres "202004" no campo ao lado.
 
  

 

  Cláudia de Villar

Cláudia de Villar é professora, escritora e colunista. Formada em Letras pela FAPA/RS, especialista em Pedagogia Gestora e em Supervisão Escolar pelo IERGS/RS, também atua como colunista de site literário Homo Literatus e Jornal de Viamão do RS, além de ser pós-graduanda em Docência do Ensino Superior (IERGS/RS). Escreve para diversos públicos. Desde infantil até o público adulto. Passeia pela poesia e narrativas. Afinal, escrever faz parte de seu DNA.

claudiadevillar@yahoo.com.br
claudiadevillar.blogspot.com/
www.facebook.com/claudia.devillar


Colunas de Cláudia de Villar:


Os comentários são publicados no portal da forma como foram enviados em respeito
ao usuário, não responsabilizando-se o AG ou o autor pelo teor dos comentários
nem pela sua correção linguística.


Copyright © msmidia.com







Cursos em Porto Alegre

Cursos de Escrita

Cursos para escritores

Confira cursos e oficinas exclusivos feitos especialmente para escritores ou aspirantes a escritores.

Mais informações


Cursos de Escrita

Oficinas literárias

Oficinas de criação literária e escrita criativa em Porto Alegre.

Mais informações

 


Apoio Cultural