artistasgauchos









Desenvolvido por:
msmidia

Literatura

Do outro lado dos concursos
Ana Mello

Todo pretenso escritor um dia se enche de coragem e submete seus textos a crítica. Primeiro na família ou para os amigos que geralmente acham tudo maravilhoso e inflamam o ego do autor. Depois alguém diz que seria bom render-se a uma análise de forma anônima, pois muitas pessoas não suportam ver seus erros apontados frente a frente.

A melhor forma de viabilizar isso é através de um concurso. Nos concursos usamos pseudônimos para manter em sigilo a identidade dos inscritos e muitas vezes seria melhor manter em segredo também a identidade dos juízes, já que isso protegeria a vida de muitos de nós, ou pelo menos nos pouparia de olhares fulminantes e ódios perpétuos.

Brincadeiras a parte, acreditem que quando aceito participar de uma comissão julgadora de concurso literário, faço isso com o maior profissionalismo e embora a maioria das comissões sejam remuneradas não faço isso só pelo dinheiro, claro que é bom ter um trabalho remunerado, é o ideal de todos que executam qualquer tarefa, mas acho importante também colaborar usando o conhecimento que adquiri este tempo em que estou envolvida com a literatura. Assim como acredito que todo escritor deve incentivar a leitura e a escrita, a leitura não só dos livros dele.

Ser jurado não é nada fácil, muitas vezes aceitamos pensando em um número aproximado de textos e calculamos um tempo para lê-los e analisá-los, quando chegam os escritos, o número é assustadoramente maior. Não adianta reclamar, arregaçar as mangas e ler. Coloco-me do lugar de quem escreveu e espera toda a atenção.

Muitas vezes os textos são muito ruins e fico com vontade de dar umas dicas, fazer correções, mas não posso, nem sei quem são os autores e nunca saberei.

Participar de concursos, e vencer é muito bom, porque tem o prêmio em dinheiro que o vencedor pode usar nos seus projetos literários individuais, como seu primeiro livro e porque terá seu texto publicado junto com outros bons textos que muitas vezes são de todo o estado ou país e assim seu nome terá uma boa circulação. É um prêmio indireto.

Perder não é o fim do mundo, pois embora seja óbvio não nos damos conta quando somos derrotados que uma série de fatores está em jogo. Primeiro que o nível dos inscritos pode ser muito uniforme e fica difícil escolher apenas três em um grande número, depois a escolha sempre será um reflexo da opinião da comissão e muitos famosos hoje já foram preteridos uma ou mais vezes.

Parabenizo então todos os corajosos que participam de concursos, como escritores ou comissão julgadora e também as instituições que promovem e patrocinam os concursos. É assim que o mundo gira, nas nossas escolhas, derrotas ou vitórias, criticas e elogios.


14/12/2010

Compartilhe

 

Comentários:

Parabéns pelo texto, é assim mesmo que a gente descobre nosso verdadeiro talento, os conhecidos, amigos e o pessoal lá de casa, sempre se desdobrarão em elogios. Já participei de alguns concursos, escrevo a pouco tempo, ainda não fui selecionada, mas continuo tentando, e lendo outros textos, servem como inspiração e amadurecimento. Importante seria uma cláusula nos concursos que o participante, se quisesse, receberia dicas como e porque seu texto não foi selecionado, onde está falhando, como pode melhorar, eu gostaria muito, certo que ficaria meio triste, mas a partir daí iria procurar melhorar os meus erros.
Continuo escrevendo no meu blog, Twitter, Recanto das Letras, Poetrix e em tudo que é pedaço de papel que encontro por aí...
Um abraço!
Lilian Ney, Rio Grande/RS 13/03/2011 - 09:20
Olá,Ana
É com prazer que teço um humilde comtário ao teu artigo.Pois sei da tua capacidade literária.Concordo contigo a respeito dos Concusos Literários.Acho-os muito importantes.Participei e inúmeros estaduais e nacionais e se contunuo na Literatura foi graças à primeira premiação num Concurso.Através deles angariei muitos prêmios e mantenho até hoje contato com pessoas que nem conheço.Por meio dos Concursos podemos participar de Coletâneas e nossos textos correm mundo.Sempre incentivo amigos que escrevem ,que tirem seus escritos da gaveta e participem de Concursos Literários.Tem dado certo com muitos talentos escondidos.Estes contatos têm me dado muita gratificação.
Um grande beijo
da amiga Suely Braga
Osório-RS ,19/01/2011
Suely Braga, OSÓRIO RS 19/01/2011 - 23:16
Muito interessante a tua análise sobre os concursos! Eu me escrevi em vários alguns au ganhei outros eu perdi. No ano de 2009 fui selecionada nos poemas do õnibus e trens e fiquei muito feliz! Mas, há muitos concursos desonestos que simplesmente querem teu dinheito da inscrição, esses eu não participo. Porém neste país em que a leitura não é incentivada, ás vezes não faz diferença profissional ganhar ou não ganhar um concurso! Eu ainda sonho em publicar meus poemas, mas... enqunto isso dou aulas... Abços
Marisa, Porto Alegre 16/12/2010 - 11:40
Participei de vários concursos. Desde a década de 80. Em alguns tive a satisfação de ver meu trabalho reconhecido. Noutros nem entre os 50 selecionados fiquei.
Submeter, anonimamente, teu trabalho ao julgamento dos outros é um sinal de maturidade, de confiança.
Pena que, por vezes, se veja trabalhos muito aquém do razoável serem escolhidos e, outros melhores, sejam solenemente dispensados.
No entanto, dou meu voto de louvor a quem promove este tipo de certame, pois põe as pessoas a melhorarem sua produção e não deixa a literatura morrer à mingua.

Ricardo Mainieri
Ricardo Mainieri, Porto Alegre 15/12/2010 - 14:00
Grande Ana,
Certíssimo o que escreves. Quando existem concursos, principalmente os daqui do sul, tal e qual o famoso Poema nos Ônibus, eu faço campanha junto aos meus colegas. Principalmente aqueles que sei terem em sua gavetas textos e poemas. Brinco dizendo: Não devia te avisar, pois serás meu concorrente. Mas sou teu amigo e quero ver um texto teu publicado. Ainda digo: Olha, se ganhares é o céu e terás a chance de uma publicação. Se não ganhares, ninguém precisa ficar sabendo.
Então Ana, Primeira-dama do miniconto, tens razão mesmo no que afirmas no artigo. Foi oportuno como incentivo àqueles que tem engavetados textos, alguns deles, certamente bons.
O que me causa tristeza é saber que alguns juízes nem leem os trabalhos. No meio da Cultura correm histórias dantescas (tomara que não sejam verdadeiras) de juízes (alguns até famosos e premiados) que – mesmo recebendo para fazê-lo – deixam de apreciar os textos enviados para julgamento. È um assunto tabu que ninguém ousa falar muito. Mesmo assim tem grande mérito teu texto. Então, candidatos a escritores, tirem as teias de aranha de suas escritas e mandem bala nos concursos.
www.alcirnicolau.com (Um site dos Artistas Gaúchos)
ALCIR NICOLAU PEREIRA, Porto Alegre 15/12/2010 - 13:10
Simpática análise. Os concursos literários tem, para mim, a nobre missão de manter vivo o interesse das pessoas pela escrita criativa. São um ótimo termômetro para quem começa na carreira literária, um incentivo. Mas senti falta de uma reflexão sobre certa indústria de concursos literários alimentados por editoras de fundo-de-quintal, muito comuns em outros estados, nos quais o interesse da editora parece ser apenas ganhar dinheiro de inscrição dos participantes e, posteriormente, da cota de participação que os "premiados" pagam para serem incluídos em antologias de valor questionável e pouquíssima divulgação. Ao mesmo tempo, alegra-me ver pessoas com esse espírito profissional e correto - oxalá sejas escolhida para o júri de mais e mais concursos literários Brasil afora! Um abraço!
Robertson Frizero, Porto Alegre/RS 15/12/2010 - 12:09

Envie seu comentário

Preencha os campos abaixo.

Nome :
E-mail :
Cidade/UF:
Mensagem:
Verificação: Repita os caracteres "402609" no campo ao lado.
 
  

 

  Ana Mello

Ana Mello é escritora e publica em diversos sites na internet. Escreve poesias, contos e crônicas. É coordenadora do Movimento Poetrix no Rio Grande do Sul. Apaixonada por minicontos, ministra oficinas em cidades como Cachoeirinha e Osório.

anaelyod@yahoo.com.br
minicontosanamello.blogspot.com
twitter.com/anamello


Colunas de Ana Mello:


Os comentários são publicados no portal da forma como foram enviados em respeito
ao usuário, não responsabilizando-se o AG ou o autor pelo teor dos comentários
nem pela sua correção linguística.


Copyright © msmidia.com







Cursos em Porto Alegre

Cursos de Escrita

Cursos para escritores

Confira cursos e oficinas exclusivos feitos especialmente para escritores ou aspirantes a escritores.

Mais informações


Cursos de Escrita

Oficinas literárias

Oficinas de criação literária e escrita criativa em Porto Alegre.

Mais informações

 


Apoio Cultural