artistasgauchos












Desenvolvido por:
msmidia

Escrita Criativa
Produtos na loja

 seja um seguidor desse artista


Cidade Porto Alegre
E-mail contato@escritacriativa.com.br
Site www.escritacriativa.com.br


Produtos na Loja AG (5)

Destaques

 

A presença de Escrita Criativa no portal é um oferecimento de:



 Cadastre-se como seguidor desse artista

Prestigie seu artista favorito.

Nome :
E-mail :
Cidade/UF: /
 
  


Seguidores desse artista (2869)

Mural

Lembrei-me de uma conversa com um colega psicólogo, que sobre a "sofrência" muito bem pontuou: quando tristes por amor, todos consumimos sofrência, seja ela uma sofrência "cult", um blues ou algo equivalente, seja Marília Mendonça. A função catártica é a mesma. Disso depreendi que mesmo no entretenimento às vezes se encontram lições de vida surpreendentemente sábias.
Vladya Mara, Fortaleza CE 03/08/2020 - 11:567789
Ótimo artigo.
Já que está valendo indicar obras, que tal Djamila Ribeiro, Carolina de Jesus...só para ficar no Brasil e Mia Couto para além mar...precisamos saber mais de nós. E porque não Machado de Assis? Negro, pois, pois...

E Lima Barreto e, e...não acabaria mais
marina, Ubatuba/SP 31/07/2020 - 12:517784
concordo com o Gerson. Teorizar sobre o "despir-se de si mesmo" envolve uma prova no mundo real do escritor, mas será que é tão fácil no caso do narrador- principalmente o narrador/personagem
?
marina, ubatuba/sp 31/07/2020 - 12:377783
No exemplo dado "João, Pedro saiu com o seu carro" a existência do vocativo nesse tipo de frase, a possibilidade de ambiguidade parece que salta aos olhos. Ocorre que, se retirarmos o vocativo "João", essa possibilidade permanece, pois se dissermos "Pedro saiu com o seu carro", pode ser o carro de Pedro, ou o carro do destinatário da informação. Ainda, se substituirmos o "seu" por "dele", o carro poderia ser o de Pedro, ou o de um terceiro. Não seria mais adequado, para evitar mesmo a ambiguidade, utilizar nesses casos o adjetivo "próprio" em vez de "seu" ou "dele"?
Gerson de Ramos Sebaje, Pelotas-RS 31/07/2020 - 01:037782
Uma dica importante para não quebrar a harmonia semântica de uma frase: a observância da regência do verbo na presença do pronome relativo.
Gerson de Ramos Sebaje, Pelotas-RS 30/07/2020 - 14:147778

Listar todos os recados


Este perfil já foi acessado 5417 vezes.

.

Copyright © msmidia.com







Cursos em Porto Alegre

Cursos de Escrita

Cursos para escritores

Confira cursos e oficinas exclusivos feitos especialmente para escritores ou aspirantes a escritores.

Mais informações


Cursos de Escrita

Oficinas literárias

Oficinas de criação literária e escrita criativa em Porto Alegre.

Mais informações

 


Livros em destaque

O Guardião da
Chave Dourada

Airton Ortiz

Fundamentos à prática de revisão de textos

A Fantástica Jornada do Escritor no Brasil

 

compre nossos livros na