artistasgauchos












Desenvolvido por:
msmidia

Reflexão

O estandarte do sanatório geral
Rubem Penz

“Vai passar nessa avenida um samba popular
Cada paralelepípedo da velha cidade essa noite vai se arrepiar”
Chico Buarque
 
Para quem tem certa idade, é imediato relembrar daqueles movimentos populares que clamavam por liberdade em tempos idos ao ver as manifestações que tomaram conta das ruas e avenidas das principais cidades do Brasil. Eu, sem partido, estive nas fileiras das Diretas Já. Eu, sem partido, pintei nas cores do Fora Collor. Eu, sem partido, jamais me senti minimamente só – éramos muitos. Cheguei à juventude em um momento mais suave, quando o regime vigente cedia espaço e, principalmente, preparava a saída de cena. Colhi (colhemos) uma impressão de incontestável vitória.
 
Afinal, minha geração cresceu na confiança de que a democracia, por si, viria como redenção para todos os nossos males. Daria conta de todas as nossas mazelas. Resolveria de vez por todas o que nos afligia: governos surdos ao apelo da população, incapazes de devolver para a sociedade a contrapartida justa e constitucional sobre tudo o que se arrecada nos impostos. Apostei todas as fichas na liberdade de expressão como fiscalizadora, no voto como propulsor de mudanças, na alternância de governo como oxigenador das ideias.
 
Porém, pouco a pouco, os sucessivos governos civis – em todas as instâncias e, agora, de todos os matizes – se mostraram viciados em um tipo de administração que trai escandalosamente sua vocação. Governam para si. Pensam apenas na próxima eleição, nos projetos de poder, na franquia para suas ações - a dita governabilidade. Enquanto isso, degrada-se a infraestrutura, a segurança vira pó, a saúde claudica, a educação é sofrível. Abrem um grave flanco para quem descrê na capacidade do povo de decidir entre o certo e o errado.
 
Agora, parece nascer em nossos jovens um ímpeto valioso e que se propõe a usar a liberdade para o passo seguinte: a cobrança. Um basta que tem por ponto visível o valor das passagens de ônibus, mas esconde (ou melhor, revela) propósitos maiores. Refutando bandeiras partidárias, condenando atos de violência e ocupando as manchetes dos jornais, os jovens gritam: chega! A classe política não está sabendo lidar com pautas múltiplas porque ainda não se apercebeu de que deixa a desejar em todas as frentes. Aí, parece que a meninada traz nas mãos o estandarte do sanatório geral. A loucura sã de quem ousa acreditar, outra vez, que será possível acordar a pátria mãe, subtraída em tenebrosas transações. Abram alas!

19/06/2013

Compartilhe

 

Comentários:

Lindo, emocionante e verdadeiro texto.Parabéns!
Ecylda, Porto Alegre - RS 11/07/2013 - 11:45
Uma clara interpretação dos atuais acontecimentos, que nos entusiasmam e enchem de esperanmça na nossa juventude.
Ecylda, Porto Alegre-Rs 03/07/2013 - 00:32

Envie seu comentário

Preencha os campos abaixo.

Nome :
E-mail :
Cidade/UF:
Mensagem:
Verificação: Repita os caracteres "101708" no campo ao lado.
 
  

 

  Rubem Penz

Publicitário, músico e escritor. Baterista/percussionista do Grupo Versão Brasileira e de outras formações instrumentais e de MPB. Vice Presidente da Associação Gaúcha de Escritores (AGEs). Produz crônicas semanais para jornais, publica em revistas e em seu blog, o Rufar dos Tambores. Publicou O Y da questão e outras crônicas (Literalis) e Inter Pares (Literalis), além de organizar as antologias Santa Sede – crônicas de botequim Safra 2010 (Literalis), 2011 (Fábrica de Leitura) e 2012 (Literalis), e de participar de publicações coletivas. Ministra oficinas literárias de crônicas, gênero que professa com devoção.

rubempenz@yahoo.com.br
www.rubempenz.com.br/
www.facebook.com/rubem.penz


Colunas de Rubem Penz:


Os comentários são publicados no portal da forma como foram enviados em respeito
ao usuário, não responsabilizando-se o AG ou o autor pelo teor dos comentários
nem pela sua correção linguística.


Copyright © msmidia.com







Cursos em Porto Alegre

Cursos de Escrita

Cursos para escritores

Confira cursos e oficinas exclusivos feitos especialmente para escritores ou aspirantes a escritores.

Mais informações


Cursos de Escrita

Oficinas literárias

Oficinas de criação literária e escrita criativa em Porto Alegre.

Mais informações

 


Livros em destaque

O Guardião da
Chave Dourada

Airton Ortiz

Fundamentos à prática de revisão de textos

A Fantástica Jornada do Escritor no Brasil

 

compre nossos livros na