artistasgauchos












Desenvolvido por:
msmidia

Resenha

Mr. Pip, do neozelandês Lloyd Jones
Rosangela D. Rodrigues

Todos os anos vou à feira de livros que acontece na minha cidade, sempre na expectativa de encontrar um livro que, independente do autor, me convença a comprá-lo. Foi assim que encontrei o romance Mr. Pip, do jornalista e escritor neozelandês Lloyd Jones.

O livro foi me atraindo aos poucos, primeiro, pela linda capa da Sílvia Nozelos (na 1.ª edição da editora portuguesa Editorial Estampa), depois por ler na orelha do livro que Lloyd Jones gosta, entre outras coisas, de café — explico: para mim, café remete a uma boa conversa entre amigos; e também pela informação de que o autor recebeu em 2007, com Mr. Pip, dois grandes prêmios: O do Commonwealth writer’s Prize Overall Best Book Award, e do Commonwealth Writer’s Prize for Best Book East Asia and South Pacific.

Mais ainda faltava o que realmente me leva a decidir ler ou não um livro: a resenha na contracapa. E a resenha de Mr. Pip, nessa edição, termina dizendo: Um livro belo como a esperança, duro como todas as guerras. Pronto, fui fisgada.

Mr. Pip, que também foi filmado, chegando as telas dos cinemas numa produção de 1992, tem como pano de fundo a guerra civil em Bougainville, uma pequena ilha da Papua-Nova Guiné, no sudoeste do Pacífico, que resultou em milhares de mortes e levou muitos a fugirem de suas casas e nunca mais retornarem. Em entrevista para um jornal, Lloyd Jones revelou que, após o fim da guerra, visitou a ilha; e foi nessa visita que Mr. Pipe começou a tomar formar

Dizer que esse romance é a história de como uma jovem - Matilda - é profundamente tocada pela leitura do livro Grandes Esperanças, de Charles Dickens, gerando nela seus próprios sonhos que a levariam a uma nova vida, seria reduzir a obra. Lloyd Jones discorre sobre a alma humana e todos os seus sofrimentos e vaidades. Esse romance é muito mais.

Em Mr. Pip, assim como Dickens captura Matilda e a transporta à Inglaterra do seu tempo, Lloyd Jones nos captura e nos leva à Bougainville; o autor nos faz vivenciar, no percurso da história de cada personagem, esperanças e desilusões, amores e renúncias, fraquezas e empatias, escolhas e perdas, egoísmos e redenções, fugas e retornos.

Mr. Pip é daquelas obras que, ao terminarmos a sua leitura, nos deixam com a certeza de que não conseguimos perceber todo o ensino contido nas muitas camadas da sua história: talvez pela pressa com que avançamos página a página, ávidos por saber o que se segue.

Mr. Pip, como poucos livros conseguem fazer, me chama, do seu lugar na estante dos preferidos, a uma nova leitura, para novas descobertas.


02/11/2023

Compartilhe

 

Comentários:

Envie seu comentário

Preencha os campos abaixo.

Nome :
E-mail :
Cidade/UF:
Mensagem:
Verificação: Repita os caracteres "431402" no campo ao lado.
 
  

 

  Resenhas

As resenhas pubicadas no portal Artistas Gaúchos são de inteira responsabilidade dos articulistas. Se você deseja enviar um texto, entre em contato com o editor do portal. Não é necessário estar cadastrado no portal para enviar resenhas e a veiculação ou não é uma escolha editorial.

editor@artistasgauchos.com.br


Colunas de Resenhas:


Os comentários são publicados no portal da forma como foram enviados em respeito
ao usuário, não responsabilizando-se o AG ou o autor pelo teor dos comentários
nem pela sua correção linguística.


Copyright © msmidia.com






Confira nosso canal no


Vídeos em destaque

Carreira de Escritor

Escrevendo para redes sociais


Cursos de Escrita

Cursos de Escrita

Curso Online de
Formação de Escritores

Curso inédito e exclusivo para todo o Brasil, com aulas online semanais AO VIVO

Mais informações


Cursos de Escrita

Oficinas de escrita online

Os cursos online da Metamorfose Cursos aliam a flexibilidade de um curso online, que você faz no seu tempo, onde e quando puder, com a presença ativa do professor.

Mais informações