artistasgauchos









Desenvolvido por:
msmidia

Momento Mágico
Paulo Tedesco

Não resta dúvida: as mudanças vieram para chegar e não pararão tão cedo! E o curioso é que se alguma vez esperamos por alterações na tecnologia e algo na economia, de forma repentina, para muitos, o que desaba é o social, o político e principalmente o organizativo. Feito remédio de amplo espectro e seus efeitos colaterais sobre um corpo não de todo doente.
 
Pois a revolução tecnológica combinada com o fim da Guerra Fria, lá nos anos 1990, nos entregou, às primeiras décadas do século XXI, tal estado de coisas. Claro, há a inexorável força humana, contraditória na maioria das vezes, a empurrar a humanidade um passo à frente, mesmo que em falso ou desastroso – a se ver pelos danos ecológicos que andam ocorrendo.
 
Aqui, no Rio Grande do Sul, por exemplo, há pouco mais de uma década ninguém poderia ou se quer apostaria que o maior grupo de comunicação do sul do país, repentinamente, encolhesse, como vem acontecendo. Lembro de juntar moedas para comprar o jornal dominical que curiosamente era vendido já no sábado à tardinha – ali, afinal, havia tanta oferta que não arranjava emprego ou comprava qualquer coisa quem não quisesse, pois oportunidades existiam naquele calhamaço que constituía, todos os domingos, o outrora e agora inexistente Classificados da ZH Dominical.
 
Algo diz, e aqui é mais uma aposta do que alguma certeza, que essa crise política que se arrasta no país é mais pela decadência de um modelo de indústria do que, necessariamente, por uma questão puramente político-partidária. E arrisco, será que o que ocorre no mundo do livro também não estaria na crise do modelo das empresas de comunicação, que tinham o conteúdo exclusivo como seu principal ativo?
No excelente livro de Fernando Morais, “Chatô, o Rei do Brasil”, da Editora Companhia Das Letras, a história da imprensa nacional, sob o império de Assis Chateaubriand, se configura um razoável desenho dessas mudanças no ramo da imprensa e comunicação, porém, e repito, espantosamente, nunca na rapidez e na forma com que vem ocorrendo, e assim nos deixando perplexos e não menos sem respostas. 
 
Analisemos, porém, o presente e a internet. Suas possibilidades e suas inegáveis qualidades fizeram, sim, um novo mundo, e como Raskónilkov diante da prostituta Sônia, é preciso se ajoelhar e comungar, pois nossos sentimentos e possibilidades não são nada diante do que, pela humanidade, a internet faz atravessar. 
 
E um recado especial aos novos editores e aos autores: a internet não se faz somente de redes sociais e gastos fabulosos em ambientes de busca, se faz de propostas ousadas e provocadoras, feito esse portal, o nosso Artistas Gaúchos, que, de repente, trouxe a todos a integração que tanto nos fazia falta e que demonstra fôlego para ir muito, mas muito longe, colocando as mudanças e um futuro promissor em seu largo bolso.
 

30/03/2016

Compartilhe

 

Comentários:

Envie seu comentário

Preencha os campos abaixo.

Nome :
E-mail :
Cidade/UF:
Mensagem:
Verificação: Repita os caracteres "224806" no campo ao lado.
 
  

 

  Paulo Tedesco

É escritor de ficção, cronista e ensaísta, atua como professor e desenvolvedor de cursos em produção editorial e consultoria em projetos editoriais, também como orientador em projetos de inovação em diferentes setores. Trabalhou nos EUA, onde viveu por cinco anos, nas áreas de comunicação impressa, indústria gráfica e propaganda. É autor dos livros Quem tem medo do Tio Sam? (Fumprocultura de Caxias do Sul, 2004); Contos da mais-valia & outras taxas (Dublinense, 2010) e Livros: um guia para autores (Buqui, 2015). Desenvolveu e ministra o curso de Processos Editorais na PUCRS e coordena o www.consultoreditorial.com.br atendendo autores e editores. Pode ser acompanhado pelo seu site, pelo Facebook ou pelo Twitter.

www.consultoreditorial.com.br

paulotedesco@hotmail.com
www.paulotedesco.com.br/
https://www.facebook.com/paulotedescoescritor?ref=bookmarks


Colunas de Paulo Tedesco:


Os comentários são publicados no portal da forma como foram enviados em respeito
ao usuário, não responsabilizando-se o AG ou o autor pelo teor dos comentários
nem pela sua correção linguística.


Copyright © msmidia.com







Cursos em Porto Alegre

Cursos de Escrita

Cursos para escritores

Confira cursos e oficinas exclusivos feitos especialmente para escritores ou aspirantes a escritores.

Mais informações


Cursos de Escrita

Oficinas literárias

Oficinas de criação literária e escrita criativa em Porto Alegre.

Mais informações

 


Apoio Cultural