artistasgauchos









Desenvolvido por:
msmidia

Teatro

Quem tem medo de Virginia Woolf?
Rafaela Pechansky

Na peça “Quem Tem Medo de Virginia Woolf?”, o público é convidado para a sala de estar de George e Martha, um casal intelectual de meia-idade que, após retornar de uma festa, adentra a noite em meio a muita bebida, ressentimentos e acusações. A peça se passa toda em um ambiente caótico: livros e garrafas de uísque espalhados pelas mesas, além de cigarros pelo chão. O drama conta ainda com mais dois personagens: os convidados pós-festa – até então pouco conhecidos dos protagonistas - Nick e Benzinho, um casal aparentemente jovem e convencional. Enquanto Martha, a filha do reitor da universidade na qual George trabalha, é uma mulher aparentemente exuberante, seu marido é frustrado, chamado constantemente pela esposa de fracasso.

É assim que a trama se desenrola: embrigados, os anfitriões utilizam-se de xingamentos e acusações, revelando o desequilíbrio emocional no qual se encontram. Após Martha desafiar constantemente o marido, George perde as estribeiras e começa então a manipular os jogos iniciados por Martha. Em meio ao clima tenso, os convidados Nick e Benzinho, retratados até então como equilibrados, recomeçam a beber e detalhes íntimos começam a ser revelados durante a madrugada, mostrando que o jovem casal também enfrenta sua própria crise.

Considerada como obra prima da dramaturgia contemporânea, “Virginia Woolf” foi escrita por Edward Albee e estreou na Broadway, em 1962. Foi recebida positivamente pela crítica – apesar de apresentar vocabulário e comportamento um tanto chocantes pra época - ganhando no ano seguinte o Tony Award por melhor peça. Quatro anos mais tarde foi transformada em filme, tendo Elizabeth Taylor e Richard Burton como intérpretes dos intensos protagonistas. O filme ainda foi indicado para 13 categorias do Oscar, tendo arrebatado 5 estatuetas, entre elas o de melhor atriz e o de melhor direção de arte.

O enredo é tenso e envolvente, e os personagens crescem durante a trama. Albee resumiu sua obra na seguinte frase: "O inferno pode ser uma sala de estar confortável e um casal insatisfeito". A peça esteve em cartaz durante todo o mês de junho pelo Projeto Teatro, Pesquisa e Extensão da UFRGS, na Sala Alziro Azevedo. Os quatro atores exibiram um excelente desempenho: agora se torce para que esse espetáculo dramático retorne logo ao palco. Enquanto isso não ocorre, vamos nos contentando com o filme mesmo.


05/07/2010

Compartilhe

 

Comentários:

Envie seu comentário

Preencha os campos abaixo.

Nome :
E-mail :
Cidade/UF:
Mensagem:
Verificação: Repita os caracteres "074303" no campo ao lado.
 
  

 

  Relatos

Os relatos publicados no portal Artistas Gaúchos são enviados pelos artistas com o objetivo de compartilhar experiências e impressões sobre seu trabalho. Se desejar, você pode enviar relatos para o portal. A veiculação ou não fica a critérios dos editores.

editor@artistasgauchos.com.br


Colunas de Relatos:


Os comentários são publicados no portal da forma como foram enviados em respeito
ao usuário, não responsabilizando-se o AG ou o autor pelo teor dos comentários
nem pela sua correção linguística.


Copyright © msmidia.com







Cursos em Porto Alegre

Cursos de Escrita

Cursos para escritores

Confira cursos e oficinas exclusivos feitos especialmente para escritores ou aspirantes a escritores.

Mais informações


Cursos de Escrita

Oficinas literárias

Oficinas de criação literária e escrita criativa em Porto Alegre.

Mais informações

 


Apoio Cultural