artistasgauchos









Desenvolvido por:
msmidia

Literatura

FestiPOALiterária: um evento para celebrar a cultura
Leandro Dóro

A 2ª edição da FestiPoa Literária acontecerá de 22 a 25 de abril em Porto Alegre (RS), nas livrarias Palavraria e Letras & Cia, e em alguns outros espaços culturais e bares da cidade. Reunirá dezenas de escritores, poetas e artistas para debater literatura contemporânea, leituras, saraus, shows e muita festa. Fernando Ramos é o idealizador da Festa, também editor do jornal Vaia, e faz isso por paixão à literatura. Na entrevista, abaixo, ele conta como surgiu a proposta da FestiPoa, esclarece alguns detalhes da primeira edição do evento, em 2008, e comenta sobre a antologia a ser publicada em 2009.


Leandro Dóro: Fernando, como surgiu a iniciativa de criar a FestiPoa Literária? Foi baseada na Festa Literária de Parati? Foi visitá-la?
Fernando Ramos: Não conheço a Flip. A ideia surgiu inspirada na Balada Literária, organizada pelo Marcelino Freire, na Vila Madalena, em Sampa. E um pouco do que rola em festas como a Flap, o Londrix etc.

Quais são os objetivos do evento?
Acho que onde há festa, celebração, quase sempre existe afeto. Comemoramos alguma coisa por gostar dessa coisa. No caso da FestiPoa, a celebração é a literatura. Há também a intenção de divulgar coisas boas e criticar coisas que dificultam o acesso à literatura contemporânea e do livro em geral. Concordo com uma frase do Millôr Fernandes: fora do livro não há solução.

Como foi a participação dos escritores e poetas na primeira edição em 2008?
Foi muito boa. Houve bastante interesse. E foram mais de cinquenta pessoas participando nos três dias. Este ano teremos quatro dias de festa, o número de participantes será maior.

Por que o primeiro homenageado foi Donaldo Schüller? Em 2009, quem será o homenageado?
A ideia de homenagear o Donaldo Schüler surgiu de uma conversa com o poeta Ricardo Silvestrin, foi sugestão dele. O Donaldo é um escritor muito prestigiado por todo mundo, além de ser um trabalhador a serviço da literatura. E, também, tem o espírito festivo e divertido que a FestiPoa pretende trazer para a cena literária da cidade.

Diversos escritores e poetas de outros estados brasileiros vieram para participar da FestiPoa, do ano passado. Como foi a escolha desses convidados?
Foi muito na base da empatia. O Marcelino Freire, por exemplo, é um cara amigo e inspirador pra gente. Além de ótimo escritor, o Marcelino é uma pessoa legal pra caramba e grande agitador do meio literário. Outro, de quem posso dizer o mesmo, é o Lima Trindade, escritor e editor da revista cultural virtual Verbo21 (www.verbo21.com.br). O Luiz Horácio e o Sandro Ornellas, que vieram ano passado, também são amigos admiráveis e caras que possuem um belo trabalho.

O que difere a FestiPoa dos eventos paralelos realizados na Feira do Livro de Porto Alegre?
Não sei. A Feira do Livro é um superevento, é demais de qualificado. Não conheço bem os eventos paralelos que rolam na Feira pra poder comentar.

Quais são as formas de financiamento para o FestiPoa?
Financiamento não há ainda. As livrarias, sedes do evento - no ano passado, a livraria Nova Roma e a Palavraria - e alguns espaço culturais - a Casa dos Bancários, do Sindicato dos Bancários de Porto Alegre, o Teatro de Arena e o Depósito de Teatro - entraram de parceiros afetivos, camaradas mesmo, fazendo o que estava ao alcance deles naquele momento. Também na parte de divulgação, no caso do site Artistas Gaúchos, funcionou assim. Enfim, muita disposição e trabalho, e acima de tudo simpatia à ideia da Festa. Os parceiros são parceiros afetivos mesmo. E para a segunda edição, agora de abril, as coisas caminham por aí novamente, pois não contamos com um apoio financeiro expressivo. Os parceiros principais, e sem o apoio dos quais a festa não rolaria, são as livrarias Palavraria e Letras & Cia. Mas, enfim, o que vale o envolvimento afetivo das pessoas que trabalham para o evento crescer, é o dá valor mesmo.

Os espaços para realizar palestras e saraus, em 2009, já estão definidos?
Alguns sim. Serão nas livrarias Letras & Cia e Palavraria. Haverá outros, mas faltam algumas definições.

Esse ano a FestiPoa terá um livro com escritores que participaram da primeira edição do evento, será lançada uma antologia. Como é sua elaboração?
A organização da antologia está sendo tocada por mim. O livro terá textos (contos, poemas, crônicas, mini-ensaios) inéditos e especiais para a publicação, serão 35 autores participando. E estou tendo a colaboração do Guilherme Moojen e do Leandro Dóro na parte de editoração, e da Rosane Vargas, na parte de revisão. O lançamento será na abertura da FestiPoa, dia 22 de abril, na livraria Letras & Cia (av. Osvaldo Aranha, 444).

Como o artista ou patrocinador pode colaborar com o FestiPoa?
Da maneira que achar que possa contribuir com uma festa. Que traga espírito festivo e humor, e boas idéias a favor de boa literatura.


19/03/2009

Compartilhe

 

Comentários:

Envie seu comentário

Preencha os campos abaixo.

Nome :
E-mail :
Cidade/UF:
Mensagem:
Verificação: Repita os caracteres "244212" no campo ao lado.
 
  

 

  Entrevistas

As entrevistas publicadas no portal Artistas Gaúchos são feitas pela equipe do portal, mas se você deseja enviar uma entrevista, entre em contato com o editor do portal.

editor@artistasgauchos.com.br


Colunas de Entrevistas:


Os comentários são publicados no portal da forma como foram enviados em respeito
ao usuário, não responsabilizando-se o AG ou o autor pelo teor dos comentários
nem pela sua correção linguística.


Copyright © msmidia.com







Cursos em Porto Alegre

Cursos de Escrita

Cursos para escritores

Confira cursos e oficinas exclusivos feitos especialmente para escritores ou aspirantes a escritores.

Mais informações


Cursos de Escrita

Oficinas literárias

Oficinas de criação literária e escrita criativa em Porto Alegre.

Mais informações

 


Apoio Cultural